“Homem sem Nome”. Clinton “Clint” Eastwood, Jr.

“Homem sem Nome”. Clinton “Clint” Eastwood, Jr.

Clinton “Clint” Eastwood, Jr. (São Francisco, 31 de maio de 1930) um ator, cineasta produtor dos Estados Unidos famoso pelos seus papéis típicos em filmes de ação como um cara durão e anti-herói, principalmente como o Homem sem nome da Trilogia dos Dólares nos filmes western spaghetti de Sergio Leone dos anos 60, e interpretando o Inspetor ‘Dirty’ Harry Callahan na série de filmes Dirty Harry, das décadas de 1970 e 1980.

Como diretor, seus filmes têm tido criticas positivas. Ganhou quatro vezes o Oscar — duas cada como Melhor Diretor e de Melhor Filme —, e foi homenageado em 1995, recebendo o Prêmio Memorial Irving G. Thalberg em reconhecimento à sua longa carreira no cinema. Por duas vezes foi eleito o ator favorito dos estadunidenses, e é o único ator da história do cinema a estrelar em filmes considerados de “grande sucesso” por cinco décadas consecutivas.

Eastwood também tem interesse na política. Membro do partido republicano desde 1951, Clint foi eleito prefeito de Carmel-by-the-Sea, Califórnia, onde permaneceu no cargo de 1986 até 1988. Em 2012, durante uma entrevista para o programa Ellen, declarou-se adepto do libertarismo.

leia mais em: Clint Eastwood


Perseguição no Vietnã
No dia 31 de maio de 1966, monges budistas atearam fogo contra seus próprios corpos em Saigon, como forma de protesto contra a política do governo militar do Vietnã do Sul. Os monges faziam greves de fome e cometiam suicídio para exigir a igualdade perante a lei, a livre prática e propagação da fé budista.


Dia Mundial de Combate ao Fumo
No Dia Mundial de Combate ao Fumo, comemorado em 31 de maio, não há nada mais apropriado do que enaltecer os perigos do tabagismo para a saúde do corpo humano. São mais de 50 doenças e deficiências orgânicas causadas pelo consumo do cigarro ou de outros derivados do tabaco, principalmente as doenças cardiovasculares, vários tipos de câncer e problemas respiratórios.

leia mais em: Instituto Nacional do Câncer (Inca)/Ministério da Saúde, Centro Brasileiro de Informações sobre Drogas Psicotrópicas (Cebrid).


Dia Internacional do Comissário de Bordo
também conhecido por Comissário de Voo, é comemorado anualmente em 31 de maio.

A data tem o objetivo de homenagear os comissários de bordo, também conhecidos por aeromoças e aeromoços, responsáveis por tornar as viagens de avião mais agradáveis e confortáveis para todos os passageiros.

São profissionais altamente treinados para atender a todas as necessidades e situações que possam ocorrer durante os voos, sempre com muita elegância e responsabilidade.

De acordo com a história, a profissão de comissário de bordo (aeromoça) teria surgido em 1930, graças a figura de Ellen Church, uma enfermeira que era apaixonada por aviação e que sugeriu à companhia Boeing Air Transport que incluíssem sempre uma enfermeira durante os voos para acalmar os passageiros.

Fatos históricos
  • 1223 — Um exército mongol liderado pelos generais Jebe Noyon e Subedei vence os exércitos dos vários principados russos na Batalha do rio Kalka.
  • 1255 — Afonso X de Leão e Castela eleva Campo Maior à categoria de vila
  • 1492 – Os Reis Católicos firmam um decreto de expulsão dos judeus de todos os seus reinos.
  • 1594 – Morre Jacobo Robusti, Tintoretto, pintor veneziano.
  • 1793 – Os extremistas da Convenção declaram os girondinos ou moderados como foras-da-lei, dando início ao período conhecido como Terror da Revolução Francesa.
  • 1809 – Morre Joseph Haydn, compositor austríaco.
  • 1820 – Fim da Inquisição no México.
  • 1874 – Estréia, na Igreja de São Marcos de Milão, a Misa de Requiem que Verdi compôs para a morte do escritor Manzoni.
  • 1878 – Naufraga na costa inglesa o encouraçado alemão Grosser-Kurfurst, causando a morte de 269 tripulantes.
  • 1887 – Nasce Alexis Saint John-Perse, poeta francês, Prêmio Nobel de Literatura 1960.
  • 1900 – Guerra de Transvaal: os britânicos tomam Johannesburgo e os boers, colonos holandeses da África Austral, retiram suas tropas para Pretória.
  • 1902 – Tratado de Vereeniging, que põe fim à guerra dos boers contra o Império britânico.
  • 1910 – As províncias do Cabo, Transvaal, Natal e o Estado Livre de Orange se unem para formar a União Sul-Africana.
  • 1911 – Nasce Maurice Allais, economista francês, Prêmio Nobel de Economia em 1988.
  • 1930 – Nasce Clint Eastwood, ator e diretor de cinema norte-americano.
  • 1933 – A Grã-Bretanha consegue um armistício entre a China e o Japão.
  • 1935 – Um terremoto destrói a cidade de Quetta (Paquistão) e morrem mais de 56 mil pessoas.
  • 1939 – É firmado em Berlim um pacto de não agressão entre alemães e dinamarqueses.
  • 1942 – Segunda Guerra Mundial: grande bombardeio de Canterbury (Inglaterra) pelos alemães, em represália ao feito em Colônia pelos britânicos.
  • 1949 – Quebra das relações comerciais entre a URSS e a Iugoslávia.
  • 1961 — A União Sul-Africana se torna República da África do Sul.
  • 1962
    Executado em Tel Aviv, por crimes contra os judeus, o ex-coronel das SS Adolfo Eichman, que havia sido seqüestrado na Argentina por agentes israelenses e levado a Israel.
    A Federação das Índias Ocidentais deixa de existir.
  • 1966 – Monges budistas atearam fogo sobre seus próprios corpos em Saigon, como forma de protesto contra a política do governo militar do Vietnã do Sul.
  • 1970 – Forte terremoto na região andina peruana, que causa a morte de mais de 20 mil pessoas e deixa mais de 50 mil desaparecidos.
  • 1973 — Fundação da empresa Infraero.
  • 1974 – Síria e Israel fazem um acordo para a retirada das forças dos altos de Golan, com a mediação de Henry Kissinger.
  • 1976 – Morre Jacques Monod, cientista francês, Prêmio Nobel de Medicina e Fisiologia 1965.
  • 1991 – São firmados em Lisboa os acordos para pôr fim a 16 anos de guerra civil em Angola, que acabaram não se cumprindo.
  • 1992 – Sérvia e Montenegro elegem os 138 deputados do Parlamento Federal para legitimar a criação da Nova Iugoslávia, proclamada em 27 de abril.
  • 1994 – Os mísseis nucleares norte-americanos em terra e mar deixam de apontar para seus objetivos na antiga URSS.
  • 1994 – O croata Kresimir Zubak é proclamado primeiro presidente da recém criada Federação musulmano-croata na Bósnia.
  • 1995 – A Rússia formaliza seu ingresso na Associação para a Paz da OTAN.
  • 2000 – O Congresso do Equador aprova a anistia geral para os militares rebeldes que protagonizaram a insurreição que derrubou o presidente Mahuad no início do ano.
  • 2002 — Tem início a XVII edição da Copa do Mundo de Futebol.
  • 2003 — Último voo de um Concorde da Air France.
  • 2005 — O agente W. Mark Felt assume que era o “Garganta Profunda” do Escândalo de Watergate, que derrubou o presidente dos EUA, Richard Nixon.
  • 2009 — Airbus A330 do voo Air France 447, entre o Rio de Janeiro e Paris, desaparece sobre o Oceano Atlântico com 228 pessoas a bordo, entre elas 59 brasileiros. Todos os passageiros a bordo morreram.

Esta manhã, antes do alvorecer, subi numa colina para admirar o céu povoado,
E disse à minha alma: Quando abarcarmos esses mundos e o conhecimento e o prazer que encerram, estaremos finalmente fartos e satisfeitos?
E minha alma disse: Não, uma vez alcançados esses mundos prosseguiremos no caminho.

Walt Whitman 

Foto do Dia

Este slideshow necessita de JavaScript.

Nascimentos
»1469 — Manuel I de Portugal (m. 1521).
1491 — Inácio de Loyola, teólogo espanhol (m. 1556).
1535 — Alessandro Allori, pintor italiano (m. 1607).
1557 — Teodoro I da Rússia (m. 1598).
1613 — João Jorge II da Saxônia (m. 1680).
1773 — Ludwig Tieck, poeta e escritor alemão (m. 1853).
1801 — Johann Georg Baiter, filólogo e crítico textual suíço (m. 1877).
1818 — John Albion Andrew, político norte-americano (m. 1867).
1819 — Walt Whitman, poeta norte-americano (m. 1892).
1838 — Henry Sidgwick, filósofo britânico (m. 1900).
1857 — Papa Pio XI (m. 1939).
1881 — Heinrich Burger, patinador artístico alemão (m. 1942).
1883 — Lauri Kristian Relander, político finlandês (m. 1942).
1892 — Gregor Strasser, político alemão (m. 1934).
1911 — Maurice Allais, economista francês (m. 2010).
1913 — Hernani Guimarães Andrade, cientista brasileiro (m. 2003).
1915 — Judith Arundell Wright, escritora australiana (m. 2000).
1921 — Luís Delfino, ator e humorista brasileiro (m. 2005)
1923 — Rainier III, Príncipe de Mônaco (m. 2005).
1930 — Clint Eastwood, ator, cineasta, produtor cinematográfico e compositor norte-americano.
1931 — Shirley Verrett, soprano norte-americana (m. 2010).
1932
William Thoresson, ex-ginasta sueco.
Ed Lincoln, músico e produtor musical brasileiro.
1938 — Luiz Carlos Miele, ator, cantor e apresentador de televisão brasileiro (m. 2015).
1942 — Jo Vonlanthen, ex-automobilista suíço.
1945 — Laurent Gbagbo, ex-político marfinense.
1948
John Bonham, músico britânico (m. 1980).
Marco Nanini, ator brasileiro.
Marília Gabriela, jornalista, atriz e apresentadora de televisão brasileira.
Paulinho da Costa, músico brasileiro.
1949 — Tom Berenger, ator norte-americano.
1953 — Angélio Paulino de Souza, futebolista brasileiro (m. 2007).
1956 — Prêntice, cantor e compositor brasileiro (m. 2005).
1959 — Andrea De Cesaris, automoilista italiano (m. 2014).
1961 — Lea Thompson, atriz norte-americana.
1962 — Philippe Gache, automobilista francês.
1964
Darryl McDaniels, rapper norte-americano.
Scotti Hill, músico norte-americano.
1965 — Brooke Shields, atriz e modelo norte-americana.
1967
Válber Roel, ex-futebolista brasileiro.
Sandrine Bonnaire, atriz francesa.
1971 — Diana Damrau, cantora lírica alemã.
1973 — Marcelo Falcão, músico brasileiro.
1976 — Colin Farrell, ator irlandês.
1977 — Domenico Fioravanti, nadador italiano.
1978 — Eric Moussambani, nadador guinéu-equatoriano.
1979 — Cassius Duran, atleta brasileiro de saltos ornamentais.
1980 – Andy Hurley, baterista estadunidense.
1981 — Daniele Bonera, futebolista italiano.
1982 — Jonathan Tucker, ator norte-americano.
1983 — Edno, futebolista brasileiro.
1984 — Marquinhos, jogador de basquete brasileiro.
1989
Bas Dost, futebolista neerlandês.
Marco Reus, futebolista alemão.
Pablo Alborán, cantor espanhol.
1991 — Azealia Banks, rapper, cantora, atriz e compositora norte-americana.
1996 — Normani Kordei, cantora norte-americana.
Falecimentos
»455 — Petrónio Máximo, imperador romano (n. 396).
1076 — Valdevo da Nortúmbria, conde de Huntingdon e Northampton (n. 1050).
1162 — Géza II da Hungria (n. 1130).
1410 — Martim I de Aragão (n. 1356).
1495 — Cecília Neville, duquesa de Iorque (n. 1415).
1680 — Joachim Neander, compositor alemão (n. 1650).
1809 — Joseph Haydn, compositor austríaco (n. 1732).
1832 — Évariste Galois, matemático francês (n. 1811).
1875 — Eliphas Lévi, escritor e mágico francês [n. 1810).
1915 — John White Alexander, pintor e ilustrador norte-americano (n. 1856).
1977 — William Castle, cineasta estadunidense (n. 1914).
1997 — Frei Damião, religioso italiano (n. 1898).
2001 — Faisal Husseini, político palestino (n. 1940).
2005 — Eduardo Teixeira Coelho, escritor português (n. 1919).
2009
Pedro Luís de Orléans e Bragança, administrador de empresas franco-brasileiro (n. 1983).
Martin Clemens, militar e administrador colonial britânico (n. 1915).
2014 — Maurício Torres, jornalista esportivo, apresentador de TV e narrador brasileiro (n. 1971).
2017 — Lubomyr Husar, cardeal ucraniano (n. 1933)
Liturgia Católica

A visitação de Maria a sua prima nos convoca a essa caridade ativa

Sabemos que Nossa Senhora foi visitada pelo Arcanjo Gabriel com esta mensagem de amor, com esta proposta de fazer dela a mãe do nosso Salvador. E ela aceitou. E aceitar Jesus é estar aberto a aceitar o outro. O anjo também comunicou a ela que sua parenta – Santa Isabel – já estava grávida. Aí encontramos o testemunho da Santíssima Virgem – no Evangelho de São Lucas no capitulo 1, – quando depois de andar cerca de 100 km ela encontrou-se com Isabel.

Nesta festa, também vamos descobrindo a raiz da nossa devoção a Maria. Ela cantou o Magnificat, glorificando a Deus. Em certa altura ela reconheceu sua pequenez, e a razão pela qual devemos ter essa devoção, que passa de século a século.

“Porque olhou para sua pobre serva, por isso, desde agora, me proclamarão bem-aventurada todas as gerações.” (Lucas 1,48)

A Palavra de Deus nos convida a proclamarmos Bem-aventurada aquela que, por aceitar Jesus, também se abriu à necessidade do outro. É impossível dizer que ama a Deus, se não ama o outro. A visitação de Maria a sua prima nos convoca a essa caridade ativa, à fé que opera por esse amor de que o outro tanto precisa.

Quem será que precisa de nós?

Peçamos a Virgem Maria que interceda por nós junto a Jesus, para que sejamos cada vez mais sensíveis à dor do outro. Mas que a nossa sensibilidade não fique no sentimentalismo, mas se concretize através da caridade.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: