Paula Morelenbaum

Regina Paula Martins Morelenbaum, nasceu no  Rio de Janeiro, 31 de julho de 1962, começou a carreira profissional em 1979 como um dos integrantes do grupo Céu da Boca, com o qual gravou dois discos, “Céu da Boca”, em 1981, e “Baratotal”, em 1982.

A partir de 1984 passou a integrar a Banda Nova, grupo que passou a acompanhar Tom Jobim em discos e shows por todo o mundo, sendo uma das cantoras (ao lado de Simone Caymmi, Maucha Adnet, Ana Jobim e Elizabeth Jobim) do grupo vocal que passou a caracterizar a sonoridade da música de Tom a partir de então, acompanhando Tom por mais de 10 anos, durante os quais gravou em discos como “Passarim”, “Antônio Brasileiro” e “Tom Jobim: Inédito”.

Como vocalista de Tom, cantou nos Estados Unidos, Japão, Canadá e Europa. Casada com o violoncelista Jacques Morelembaum, iniciou carreira solo em Nova York por volta de 1990, apresentando-se em clubes de jazz.

O primeiro disco solo, “Paula Morelenbaum”, produzido por seu marido, saiu em 1992, tendo ganho no ano seguinte o Prêmio Sharp de Revelação Feminina, na categoria pop-rock. Em 1994 realizou o show “Chica-chica-boom-chic”, apresentando parte do repertório de Carmen Miranda.

Em 1994 a Banda Nova se desfez com o falecimento de Tom Jobim. Em 1995 passou a fazer parte do Quarteto Jobim Morelenbaum, ao lado de Jacques, Daniel e Paulo Jobim, com o qual lançou em 1999 o CD “Quarteto Jobim Morelenbaum”.

Em 2001 lançou com Ryuichi Sakamoto e Jacques Morelenbaum o CD “Casa”, somente com composições de Tom Jobim e gravado na casa deste, e no ano seguinte o CD “A Day In New York”, também com Sakamoto e Jacques Morelenbaum.

Em 2004 lançou o segundo CD solo, “Berimbaum”. Em 2008 lançou “Telecoteco”, terceiro CD solo.

Em 2010 lançou no Brasil pela gravadora Biscoito Fino o CD “Bossarenova”, com a SWR Big Band, lançado no exterior em 2009, e no mesmo ano lançou o Cd “Água”, em dupla com João Donato. Durante sua carreira, Paula Morelenbaum tem se apresentando em diversos países, sozinha ou como destaque de grupos, sendo especialmente admirada no Japão.

leia mais em: Paula Morelenbaum


Índios Brasileiros
Em 31 de julho de 1609, os indígenas brasileiros são libertados. Quando os portugueses chegaram, havia mais de 2 milhões de índios somente no litoral da Bahia. Os povos eram divididos em troncos lingüísticos, dos quais se destacavam os Jês, os Nu aruak, os Karibi e os Tupis. A maioria dos índios era chamdada de tupi.

Feriados e Eventos

Brasil

      • Aniversário da cidade de Anápolis (Goiás)

Internacional

      • Dia da Mulher Africana
      • Dia Mundial do Orgasmo

Mitologia

      • Mitologia nórdica: Festival de Loki e Sigyn
Fatos históricos
  • 0432 — É eleito o Papa Sisto III, 44º papa, que sucedeu ao Papa Celestino I.
  • 0711 — Batalha de Guadalete, marcou o fim do Reino Visigótico no contexto da Invasão muçulmana da península Ibérica.
  • 0904 — Salonica, a segunda maior cidade do Império Bizantino, é capturada por corsários sarracenos liderados por Leão de Trípoli e é saqueada durante os 10 dias seguintes.
  • 1498 – Cristóvão Colombo descobre a Ilha de Trinidad em sua terceira viagem à América.
  • 1556 – Morre Ignácio de Loyola, fundador da Companhia de Jesus (congregação dos jesuítas). Ele foi canonizado em 1622.
  • 1609 – Libertação dos indígenas do Brasil.
  • 1680 – Posse do Frei Gregório dos Anjos, primeiro bispo do Maranhão.
  • 1769 — Alvará que cria em Lisboa uma fábrica de cartas de jogar, pertença do monarca.
  • 1814 – Pio VII restitui “no mesmo estado antigo e em todo o mundo católico a Companhia de Jesus”.
  • 1821 – Incorporação do Uruguai ao Brasil, sob  nome de Província Cisplatina.
  • 1875 – Nasce Jacques Villon, poeta francês.
  • 1886 – Morre Franz Liszt, compositor e pianista húngaro.
  • 1897 – Inauguração da primeira sala fixa de cinema do Brasil no Rio de Janeiro. A sala era de propriedade de Paschoal Segretto e Jose Roberto Cunha Salles e era chamada Salão de Novidades Paris
  • 1903 — É fundada a Igreja Presbiteriana Independente do Brasil.
  • 1912 – Nasce Milton Friedman, norte-americano, Prêmio Nobel de Economia de 1976.
  • 1919 — O Parlamento da Alemanha aprova a Constituição de Weimar, a entrar em vigor em 14 de Agosto.
  • 1923 – Nasce Ana Mariscal, atriz e cineasta espanhola.
  • 1931 – Triunfo militar de Chiang Kai Chek sobre os comunistas rebeldes chineses.
  • 1932 – O Partido Trabalhista Nacional Socialista ganha por grande maioria as eleições na Alemanha.
    1936 – Nasce o escritor brasileiro Inácio de Loiola Brandão.
  • 1941 – O presidente do Conselho de DRedação Terrasa da Alemanha, Hermann Goering, entrega à polícia a Solução final, um plano para a eliminação dos judeus.
  • 1942 – Segunda Guerra Mundial: ataque aéreo britânico contra a cidade alemã de Düsseldorf.
  • 1944 – O aviador Antoine de Saint-Exupéry, autor do livro O Pequeno Príncipe, desaparece em um avião na região norte da África.
  • 1954 – Uma expedição italiana chega pela primeira vez ao topo do monte Godwin-austen, o K2, o segundo maior pico do planeta.
  • 1963 – Arturo Illia, candidato da União Cívica Radical do Povo, é proclamado presidente da Argentina.
  • 1964 – A sonda norte-americana “Ranger VI” transmite 4.316 fotografias da superfície lunar.
  • 1966 – O governo argentino decreta o fechamento das universidades.
  • 1969 – O Papa Paulo VI inicia uma visita à Uganda.
  • 1981 – Morre em acidente aéreo Omar Torrijos, político e ex-chRedação Terra de governo do Panamá.
  • 1982 – Acidente de ônibus no sul da França, deixando 53 mortos (44 crianças).
  • 1982 – Arístides Royo renuncia a seu cargo de presidente do Panamá.
  • 1987
    Mais de 400 mortos em conflitos entre iranianos e tropas da Polícia saudita nos arredores da Grande Mesquita de Meca, onde se realizava uma peregrinação.
    Um tornado F4 atinge a cidade de Edmonton, Alberta, Canadá.
  • 1988 – O rei Hussein da Jordânia renuncia ao território da Cisjordânia, ocupado por Israel desde 1967, para favorecer a criação de um Estado palestino independente.
  • 1990 – Entra em vigor na URSS a nova Lei de Imprensa, que põe fim oficialmente à censura.
  • 1991 – O presidente americano George Bush e o presidente soviético Mikhail Gorbachov assinam o Tratado de Redução de Armas Estratégicas, START, após dez anos de negociações.
  • 1991 – O último trecho do Canal Meno-Danúbio é inundado. A importante passagem para navios de grande porte liga o Mar Negro e o Mar do Norte.
  • 1994
    Começa a ação norte-americana em Ruanda com fins humanitários.
    Morre Andrés Townsend Ezcurra, peruano, fundador do Parlamento Latinoamericano.
    A ONU aprova intervenção no Haiti.
  • 1996 – A seleção brasileira de futebol perde para a Nigéria na Olimpíada de Atlanta. A derrota acarretou na eliminação dos brasileiros da competição.
  • 1998 – A Justiça britânica inocenta um jovem da acusação de ter matado um policial. Derek Bentley foi enforcado, aos 19 anos, 45 anos antes da absolvição.
  • 2000 – O governo colombiano designa o empresário Ramón de la Torre como o novo negociador na Mesa Nacional de Diálogo com as FARC.
  • 2001
    O juiz espanhol Baltasar Garzón ordena a prisão incondicional do ex-militar argentino Adolfo Scilingo, por participar nos “vôos da morte” na ditadura argentina.
    Uma forte reação popular é produzida em reação aos cortes aprovados pelo senado argentino, com bloqueios de carreatas e ruas e a participação de aproximadamente 120 mil pessoas nos protestos.
    O Congresso dos EUA aprova um projeto de lei que converte em crime federal a clonagem de seres humanos.
  • 2006 — Após 46 anos no poder, Fidel Castro deixa o cargo de presidente de Cuba, passando-o para seu irmão, Raúl Castro.
  • 2008 — Comprovada existência de água em Marte.

Uma palavra grosseira, uma expressão bizarra, ensinou-me por vezes mais do que dez belas frases.

❀◕ ‿ ◕

Aquele que contigo fala dos defeitos dos demais, com os demais fala dos teus.

◕ ‿ ◕❀

Perguntaram um dia a alguém se havia ateus verdadeiros. Você acredita, respondeu ele, que haja cristãos verdadeiros?

❀◕ ‿ ◕

Em qualquer país em que o talento e a virtude não produzam progresso, o dinheiro será a divindade nacional.

Denis Diderot

Video do Dia
Nascimentos
»1143 — Nijo, imperador do Japão (m. 1165).
1391 — Ciríaco de Ancona, humanista, viajante e arqueólogo italiano (m. 1455).
1396 — Filipe III, Duque de Borgonha (m. 1467).
1527 — Maximiliano II do Sacro Império Romano-Germânico (m. 1576).
1536 — Augusto I da Saxónia (m. 1586)
1595 — Alessandro Algardi, escultor e arquiteto italiano (m. 1654).
1617 — Nicolás Antonio, bibliotecário espanhol (m. 1684).
1686 — Carlos, Duque de Berry (m. 1714).
1718 — John Canton, físico britânico (m. 1772).
1720 — Emmanuel Armand de Vignerot du Plessis, estadista francês (m. 1788).
1737 — Augusta da Grã-Bretanha (m. 1813).
1802 — Benedikt Waldeck, político alemão (m. 1870).
1812 — Amélia de Leuchtenberg, imperatriz brasileira (m. 1873).
1822 — Abram Stevens Hewitt, político norte-americano (m. 1903).
1835 — Henri Brisson, estadista francês (m. 1912).
1839 — Ignacio Andrade, político venezuelano (m. 1925).
1854 — José Canalejas, político espanhol (m. 1912).
1857 — Ernest Chuard, político suíço (m. 1942).
1858 — Richard Dixon Oldham, geólogo britânico (m. 1936).
1865 — Afonso de Bragança, Duque do Porto (m. 1920).
1875 — Jacques Villon, poeta francês (m. 1963).
1884 — Friedrich Robert Helmert, geodesista alemão (m. 1917).
1886 — Fred Quimby, diretor e produtor de animação estadunidense (m. 1965).
1901
Henriqueta Brieba, atriz brasileira (m. 1995).
Jean Dubuffet, pintor e escultor francês (m. 1985).
1909 — Erik von Kuehnelt-Leddihn, político austríaco (m. 1999).
1912 — Milton Friedman, economista estadunidense (m. 2006).
1914 — Louis de Funès, ator e roteirista francês (m. 1983).
1918 — Paul Delos Boyer, químico estadunidense (m. 2018).
1919 — Primo Levi, romancista e cientista italiano (m. 1987).
1920 — Ndabaningi Sithole, político zimbabuano (m. 2000).
1921
Peter Benenson, advogado e ativista estadunidense (m. 2005).
Luis Ernesto Castro, futebolista uruguaio (m. 2002).
1923 — Ahmet Ertegün, empresário americano (m. 2006).
1925 — Gracinda Freire, atriz brasileira (m. 1995).
1929
José Santamaría, ex-futebolista uruguaio.
Vicente Sampaio, escritor e professor brasileiro (m. 2002).
1931
Ivan Rebroff, cantor alemão (m. 2008).
Kenny Burrell, músico estadunidense.
1932
John Searle, filósofo estadunidense.
Ted Cassidy, ator e dublador estadunidense (m. 1979).
1935 — Geoffrey Lewis, ator estadunidense (m. 2015).
1936
Ignacio de Loyola Brandão, escritor brasileiro.
Carlos Severiano Cavalcanti, poeta brasileiro.
1938 — Ignacio Jáuregui, ex-futebolista e treinador de futebol mexicano.
1939 — Álvaro Lapa, pintor e escritor português (m. 2006).
1942 — Alfredo Sternheim, cineasta brasileiro.
1943
Lobo, músico estadunidense.
Roberto Miranda, ex-futebolista brasileiro.
1944
Geraldine Chaplin, atriz estadunidense.
Robert C. Merton, economista estadunidense.
1947 — Richard Griffiths, ator britânico (m. 2013).
1948 — Hans Donner, designer alemão.
1951
Evonne Goolagong Cawley, ex-tenista australiana.
Vladimir Capella, autor e dramaturgo brasileiro.
1952 — João Barreiros, escritor português.
1953 — Ignacio Flores, futebolista mexicano (m. 2011).
1954 — José Roberto Guimarães, treinador brasileiro de vôlei.
1955
Lars Bastrup, ex-futebolista dinamarquês.
Adelmo Arcoverde, músico, arranjador e compositor brasileiro.
1956
Deval Patrick, político estadunidense.
Michael Biehn, ator estadunidense.
Laura Zapata, atriz mexicana.
1959
Stanley Jordan, guitarrista estadunidense.
Edna de Cássia, atriz brasileira.
Wilmar Cabrera, ex-futebolista uruguaio.
1962
Wesley Snipes, ator estadunidense.
Paula Morelenbaum, cantora brasileira.
1963 — Eder Luiz, radialista e locutor esportivo brasileiro.
1964 — Jim Corr, músico irlandês.
1965
Nivaldo Prieto, apresentador, locutor esportivo e dublador brasileiro.
J. K. Rowling, escritora britânica.
1966
Dean Cain, ator estadunidense.
Valdas Ivanauskas, ex-futebolista lituano.
1967
Mitsuo Iwata, dublador japonês.
Peter Rono, atleta queniano.
1969
Ben Chaplin, ator britânico.
Antonio Conte, ex-futebolista e treinador de futebol italiano.
1970
Kabwe Kasongo, ex-futebolista congolês.
Andrzej Kobylański, ex-futebolista polonês.
1971
Bruno Prada, velejador brasileiro.
Elivélton, ex-futebolista brasileiro.
Christina Cox, atriz estadunidense.
1973
Abdulaziz Khathran, ex-futebolista saudita.
Richart Báez, ex-futebolista paraguaio.
1974
Emilia Fox, atriz britânica.
Eduardo Tuzzio, ex-futebolista argentino.
1976
Paulo Wanchope, ex-futebolista e treinador de futebol costarriquenho.
Maksim Romaschenko, ex-futebolista bielorrusso.
Yamba Asha, futebolista angolano.
Diego De Ascentis, ex-futebolista italiano.
1977
Jennifer Kessy, jogadora estadunidense de vôlei de praia.
Bolívar Gómez, futebolista equatoriano.
1978
Justin Wilson, automobilista britânico (m. 2015).
Marius Popa, ex-futebolista romeno.
Mauricio Caranta, futebolista argentino.
Will Champion, baterista britânico.
1979
André Luís, futebolista brasileiro.
Carlos Marchena, ex-futebolista espanhol.
Per Krøldrup, ex-futebolista dinamarquês.
William Arjona, voleibolista indoor brasileiro.
1980
Vinícius Bergantin, ex-futebolista e treinador de futebol brasileiro.
Mikko Hirvonen, piloto finlandês de ralis.
1981
Ana Cláudia Michels, modelo brasileira.
Clemente Rodríguez, futebolista argentino.
Livio Prieto, futebolista argentino.
M. Shadows, vocalista americano.
Titus Bramble, futebolista britânico.
Ira Losco, cantora maltesa.
1982
Anabel Medina Garrigues, tenista espanhola.
Marek Sapara, futebolista eslovaco.
Hayuma Tanaka, futebolista japonês.
Edmond Kapllani, futebolista albanês.
Marc López, tenista espanhol.
1983 — Reginaldo, futebolista brasileiro.
1984
Uriah Hall, lutador jamaicano de artes marciais mistas.
Yuniesky Quezada, enxadrista cubano.
1985
Brimin Kipruto, atleta queniano.
Alissa White-Gluz, cantora canadense.
Marcos Danilo Padilha, futebolista brasileiro (m. 2016).
1986
Shinzo Koroki, futebolista japonês.
Paola Espinosa, saltadora mexicana.
Kortney Kane, atriz e modelo estadunidense.
1987
Michael Bradley, futebolista estadunidense.
Brittany Byrnes, atriz australiana.
1988
Charlie Carver, ator estadunidense.
Rayanne Morais, modelo e atriz brasileira.
Krystal Meyers, cantora estadunidense.
1989
Zelda Williams, atriz estadunidense.
Victoria Azarenka, tenista bielorrussa.
Alex Guerci, futebolista italiano.
Alexis Knapp, cantora e atriz estadunidense.
Marshall Williams, cantor, ator e modelo canadense.
1991
Filipa Azevedo, cantora portuguesa.
Thomas Almeida, lutador brasileiro de artes marciais mistas.
Yanick Moreira, jogador de basquete angolano.
1994 — Serge N’Guessan, futebolista marfinense.
1996 — Blake Michael, ator estadunidense.
1998
Shaila Arsene, atriz brasileira.
Rico Rodriguez, ator estadunidense.
Falecimentos
»0450 — Pedro Crisólogo, bispo de Ravena (n. c. 380).
1556 — Inácio de Loyola, santo católico espanhol (n. 1491).
1750 — João V de Portugal (n. 1689).
1784 — Denis Diderot, filósofo e escritor francês (n. 1713).
1795 — Basílio da Gama, poeta luso-brasileiro (n. 1740).
1854 — Samuel Wilson, comerciante estadunidense (n. 1776).
1859 — James Waddel Alexander, teólogo norte-americano (n. 1804).
1875 — Andrew Johnson, político americano (n. 1808).
1886 — Franz Liszt, compositor e pianista húngaro (n. 1811).
1944 — Antoine de Saint-Exupéry, aviador e escritor francês (n. 1900).
1953 — Clodomir Cardoso, escritor, jornalista e político brasileiro (n. 1879).
1966 — Bud Powell, pianista estadunidense (n. 1924).
1981 — Omar Torrijos, político panamenho (n. 1929).
1983 — Eva Pawlik, patinadora artística austríaca (n. 1927).
1988 — Francisco José, cantor português (n. 1924).
2001 — Francisco Costa Gomes, político português (n. 1914).
2003 — Bigode, futebolista brasileiro (n. 1922).
2008 — Athos Bulcão, artista plástico brasileiro (n. 1918).
2009 — Bobby Robson, jogador e treinador de futebol britânico (n. 1933).
2010 — Tom Mankiewicz, cineasta americano (n. 1942).
Liturgia Católica

A única ambição de santo Inácio de Loyola tornou-se a aventura de salvar almas e o seu amor a Jesus

Neste dia celebramos a memória deste santo que, em sua bula de canonização, foi reconhecido como tendo “uma alma maior que o mundo”.

Inácio nasceu em Loyola na Espanha, no ano de 1491, e pertenceu a uma nobre e numerosa família religiosa (era o mais novo de doze irmãos), ao ponto de receber com 14 anos a tonsura, mas preferiu a carreira militar e assim como jovem valente entregou-se às ambições e às aventuras das armas e dos amores. Aconteceu que, durante a defesa do castelo de Pamplona, Inácio quebrou uma perna, precisando assim ficar paralisado por um tempo; desse mal Deus tirou o bem da sua conversão, já que depois de ler a vida de Jesus e alguns livros da vida dos santos concluiu: “São Francisco fez isso, pois eu tenho de fazer o mesmo. São Domingos isso, pois eu tenho também de o fazer”.

Realmente ele fez, como os santos o fizeram, e levou muitos a fazerem “tudo para a maior glória de Deus”, pois pendurou sua espada aos pés da imagem de Nossa Senhora de Montserrat, entregou-se à vida eremítica, na qual viveu seus “famosos” exercícios espirituais, e logo depois de estudar Filosofia e Teologia lançou os fundamentos da Companhia de Jesus.

A instituição de Inácio iniciada em 1534 era algo novo e original, além de providencial para os tempos da Contra-Reforma. Ele mesmo esclarece: “O fim desta Companhia não é somente ocupar-se com a graça divina, da salvação e perfeição da alma própria, mas, com a mesma graça, esforçar-se intensamente por ajudar a salvação e perfeição da alma do próximo”.

Com Deus, Santo Inácio de Loyola conseguiu testemunhar sua paixão convertida, pois sua ambição única tornou-se a aventura do salvar almas e o seu amor a Jesus. Foi para o céu com 65 anos e lá intercede para que nós façamos o mesmo agora “com todo o coração, com toda a alma, com toda a vontade”, repetia.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: