A minha vontade é forte, porém minha disposição de obedecer-lhe é fraca.

Carlos Drummond de Andrade nasceu em Itabira MG, em 31 de outubro de 1902. De uma família de fazendeiros em decadência, estudou na cidade natal, em Belo Horizonte e com os jesuítas no Colégio Anchieta de Nova Friburgo RJ, de onde foi expulso por “insubordinação mental”. De novo em Belo Horizonte, começou a carreira de escritor como colaborador do Diário de Minas, que aglutinava os adeptos locais do incipiente movimento modernista mineiro.

Ante a insistência familiar para que obtivesse um diploma, formou-se em farmácia na cidade de Ouro Preto em 1925. Fundou com outros escritores “A Revista”, que, apesar da vida breve, foi importante veículo de afirmação do modernismo em Minas.

Ingressou no serviço público e, em 1934, transferiu-se para o Rio de Janeiro, onde foi chefe de gabinete de Gustavo Capanema, ministro da Educação, até 1945. Excelente funcionário, passou depois a trabalhar no Serviço do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional e se aposentou em 1962. Desde 1954 colaborou como cronista no “Correio da Manhã” e, a partir do início de 1969, no “Jornal do Brasil”.

O modernismo não chega a ser dominante nem mesmo nos primeiros livros de Drummond, “Alguma poesia” (1930) e “Brejo das almas” (1934), em que o poema-piada e a descontração sintática pareceriam revelar o contrário. A dominante é a individualidade do autor, poeta da ordem e da consolidação, ainda que sempre, e fecundamente, contraditórias.

Torturado pelo passado, assombrado com o futuro, ele se detém num presente dilacerado por este e por aquele, testemunha lúcida de si mesmo e do transcurso dos homens, de um ponto de vista melancólico e cético. Mas, enquanto ironiza os costumes e a sociedade, asperamente satírico em seu amargor e desencanto, entrega-se com empenho e requinte construtivo à comunicação estética desse modo de ser e estar.

leia mais em:

Feriados e Eventos

Internacional

    • Dia da Dona de Casa
    • Dia da Reforma Protestante no Brasil e na Alemanha
    • Dia do Saci
    • Dia Mundial da Poupança
    • Dia do Servidor Público no estado de Pernambuco
    • Dia das bruxas ou Halloween (Véspera do Dia de Todos os Santos)
    • Mitologia céltica: Dia de Samhain ou Halloween (Hemisfério Norte) / Dia de Beltane (Hemisfério Sul) — Ano novo celta
    • Aniversario da cidade de Coelho Neto no Maranhão.
Fatos históricos
  • 0475 – Proclamação de Rómulo Augusto, o último imperador romano do Ocidente.
  • 0802 – Irene de Atenas, imperatriz bizantina, é destronada por Nicéforo I, o Logóteta.
  • 1411 – Assinatura do Tratado de Ayllón que sela a paz entre os reinos de Portugal e Castela.
  • 1517 – Martinho Lutero publica as 95 Teses de sua Reforma.
  • 1793 – Execução de líderes girondinos durante a Revolução Francesa.
  • 1803 – Estados Unidos compram oficialmente o território de Luisiana.
  • 1918 – Independência da Hungria do Império Austro-Húngaro.
  • 1925 – O xá Ahmad é deposto pelo general Reza Pahlavi, que torna-se o novo monarca da Pérsia (atual Irã), iniciando a dinastia Pahlavi.
  • 1942 – O Papa Pio XII efetua um ato solene de consagração do mundo ao Imaculado Coração de Maria.
  • 1945 – O Peru é admitido como Estado-membro das Nações Unidas.
  • 1996 – Voo TAM 402 cai em São Paulo, no Jabaquara, matando 96 pessoas a bordo e três moradores do município.
  • 1999 – Assinada a Declaração Conjunta Sobre a Doutrina da Justificação.
  • 2007 – Julgamento e condenação dos réus dos Atentados de 11 de março de 2004 em Madrid.
Pensamento

Cada nova geração de computadores desmoraliza as antecedentes e seus criadores.

Carlos Drummond de Andrade

Vídeo do Dia
Nascimentos
»1291 – Philippe de Vitry, compositor e poeta francês (m. 1361).
1345 – Fernando I de Portugal (m. 1383).
1391 – Duarte I de Portugal (m. 1438).
1424 – Vladislau III da Polônia (m. 1444).
1632 – Johannes Vermeer, pintor flamengo (m. 1675).
1692 – Anne-Claude-Philippe, conde de Caylus (m. 1765).
1705 – Papa Clemente XIV (m. 1774).
1711 – Laura Bassi, física italiana (m. 1778).
1712 – Maurício de Anhalt-Dessau, príncipe alemão (m. 1760).
1724 – Christopher Anstey, escritor e poeta britânico (m. 1805).
1795 – John Keats, poeta britânico (m. 1821).
1815 – Karl Weierstrass, matemático alemão (m. 1897).
1831 – Paolo Mantegazza, médico italiano (m. 1910).
1835 – Adolf von Baeyer, químico alemão (m. 1917).
1838 – Luís I de Portugal (m. 1889).
1854 – Adolf Erman, egiptólogo e lexicógrafo alemão (m. 1937).
1892 – Alexander Alekhine, enxadrista russo (m. 1946).
1896 – Ethel Waters, atriz e cantora norte-americana (m. 1977).
1902 – Carlos Drummond de Andrade, poeta, contista e cronista brasileiro (m. 1987).
1909 – Robert van Zeebroeck, patinador artístico belga (m. ?).
1920
Fritz Walter, futebolista alemão (m. 2002).
Helmut Newton, fotógrafo alemão (m. 2004).
1922 – Norodom Sihanouk, rei do Camboja (m. 2012).
1925 – John Pople, químico britânico (m. 2004).
1928 – Jean-François Deniau, político e escritor francês (m. 2007).
1929 – Bud Spencer, ator e nadador italiano (m. 2016).
1930 – Michael Collins, astronauta estadunidense.
1936 – Michael Landon, ator, escritor e produtor estadunidense (m. 1991).
1937 – Claudette Soares, cantora brasileira.
1939 – Ali Farka Touré, músico malinês (m. 2006).
1940 – Walderez de Barros, atriz brasileira.
1941 – Derek Reginald Bell, automobilista britânico.
1942 – David Ogden Stiers, ator norte-americano.
1946 – Stephen Rea, ator irlandês.
1949 – Bob Siebenberg, músico norte-americano.
1950
John Candy, ator canadense (m. 1994)
Zaha Hadid, arquiteta iraquiana-britânica (m. 2016)
1952 – Carlos Eduardo Lins da Silva, jornalista brasileiro.
1955 – Iara Jamra, atriz brasileira.
1958 – Sidney Rezende, jornalista brasileiro.
1961
Peter Jackson, roteirista, diretor e produtor de filmes neozelandês.
Larry Mullen Jr., baterista irlandês.
1962 – Raphael Rabello, violonista brasileiro (m. 1995).
1963
Rob Schneider, ator norte-americano.
Dunga, futebolista e treinador brasileiro de futebol.
Dermot Mulroney, ator norte-americano.
Mikkey Dee, baterista sueco.
1964
Marcelo Duarte, jornalista e escritor brasileiro.
Marco van Basten, futebolista e treinador holandês de futebol.
Eduard Kokoity, político georgiano.
1967
Buddy Lazier, piloto norte-americano.
Vanilla Ice, rapper norte-americano.
1969 – Alec Duarte, jornalista brasileiro.
1971
Ian Walker, futebolista britânico.
Rafael Novoa, ator colombiano.
1973 – Dauri, futebolista brasileiro.
1976 – Piper Perabo, atriz estadunidense.
1977 – Larissa Maciel, atriz brasileira.
1978 – Martin Verkerk, tenista holandês.
1979 – Simão Sabrosa, futebolista português.
1980 – Eddie Kaye Thomas, ator norte-americano.
1981 – Frank Iero, guitarrista estadunidense.
1982 – Justin Chatwin, ator canadense.
1988
Ben Bruce, guitarrista britânico.
Sébastien Buemi, automobilista suíço.
Yohann Thuram-Ulien, futebolista francês.
1992 – Vanessa Marano, atriz norte-americana.
2000 – Willow Smith, atriz e cantora norte-americana.
2005 – Leonor, Princesa das Astúrias.
Falecimentos
»0994 – Wolfgang de Ratisbona, bispo e santo alemão (n. 924).
1147 – Roberto, 1.º Conde de Gloucester (n. 1100).
1448 – João VIII Paleólogo, imperador bizantino (n. 1392).
1723 – Cosme III de Médici, grão-duque da Toscana (n. 1642).
1732 – Vítor Amadeu II da Sardenha (n. 1666).
1733 – Everardo Luís de Württemberg (n. 1676).
1765 – Guilherme, Duque de Cumberland (n. 1721).
1860 – Thomas Cochrane, 10º Conde de Dundonald (n. 1775).
1926 – Harry Houdini, ilusionista húngaro (n. 1874).
1929 – António José de Almeida, político português (n. 1866).
1966 – Antônio Carneiro Leão, educador e escritor brasileiro (n. 1887).
1984 – Indira Gandhi, política indiana (n. 1917).
1985 – Omar O’Grady, engenheiro e político brasileiro (n. 1894).
1986 – Robert Mulliken, químico norte-americano (n. 1896).
1993
Federico Fellini, cineasta italiano (n. 1920).
River Phoenix, ator estadunidense (n. 1970).
1999 – Greg Moore, automobilista canadense (n. 1975).
2006 – Pieter Willem Botha, político sul-africano (n. 1916).
Liturgia Católica

Santo Afonso sabia ser simples, pois aceitava com amor toda ordem e desejo dos superiores

Natural de Segóvia na Espanha, veio à luz aos 25 de julho de 1532. Pertencente a uma família cristã, teve que interromper seus estudos no primário, pois com a morte do pai, assumiu os compromissos com o comércio. Casou-se com Maria Soares que amou tanto quanto os dois filhos, infelizmente todos, com o tempo, faleceram.

Ao entrar em crise espiritual, Afonso entrega-se à oração, à penitência e dirigido por um sacerdote, descobriu o seu chamado a ser Irmão religioso e assim, assumiu grandes dificuldades como a limitação dos estudos. Vencendo tudo em Deus, Afonso foi recebido na Companhia de Jesus como Irmão e depois do noviciado foi enviado para o colégio de formação. No colégio, desempenhou os ofícios de porteiro e a todos prestava vários serviços, e dentre as virtudes heróicas que conquistou na graça e querendo ser firme na fé, foi a obediência sua prova de verdadeira humildade.

Santo Afonso sabia ser simples, pois aceitava com amor toda ordem e desejo dos superiores, como expressão da vontade de Deus. Tinha como regra: “Agradar somente a Deus, cumprir sempre e em toda parte a Vontade Divina”. Este santo encantador, com sua espiritualidade ajudou a muitos, principalmente São Pedro Claver quanto ao futuro apostolado na Colômbia.

Místico de muitos carismas, Santo Afonso Rodrigues, sofreu muito antes de morrer em 31 de outubro de 1617.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: