O início do terrorismo

O início do terrorismo
Em 28 de novembro de 1905 em Dublin, na Irlanda, Arthur Griffith funda o Sinn Fein (Nós Sozinhos), um movimento político que defende a independência do país. Os militantes mais radicais formaram o Exército Republicano Irlandês, o IRA, responsável por vários ataques terroristas.
leia mais em: Sinn Fein

Feriados e Eventos
Brasil

    • Dia do Soldado Desconhecido.
    • Aniversário da cidade de Franca, São Paulo.
    • Aniversário da cidade de Ampére, Paraná.
    • Aniversário da cidade de Dois Vizinhos, Paraná.
Fatos históricos
  • 1520 – A frota de Fernão de Magalhães chega ao Oceano Pacífico.
  • 1582 – William Shakespeare, famoso poeta e escritor britânico, casa-se com Anne Hathaway.
  • 1632 – Nasce Jean-Baptiste Lully, compositor francês de origem italiana, considerado o fundador da ópera francesa.
  • 1821 – O Panamá declara a sua independência da Espanha e se une à república da Colômbia.
  • 1868 – Entra em erupção na Itália o vulcão Etna, localizado na costa oriental da Sicília.
  • 1870 – O Partido Liberal Reformista de Porto Rico pede, em manifesto, a assimilação da ilha às províncias espanholas.
  • 1895 – Começam as corridas de carro na América, com seis veículos.
  • 1905 – Fundado o Sinn Fein, que foi o primeiro passo para a formação do IRA, o Exército Republicano Irlandês.
  • 1907 – O primeiro-ministro belga, M. de Tooz, assina um tratado de cessão do Congo ao país.
  • 1908 – Nasce Claude Lévi-Strauss, antropólogo, pesquisador e filósofo francês. Foi o principal defensor do estruturalismo na antropologia social.
  • 1912 – Na Albânia, a Assembleia Nacional proclama a independência do país após mais de 400 anos de governo turco.
  • 1919 – Na Inglaterra, Lady Astor torna-se a primeira mulher a ser eleita para a Câmara dos Comuns.
  • 1934
    O famoso ladrão de bancos Baby Face é morto nos Estados Unidos por agentes do FBI.
    Winston Churchill exige na Câmara dos Comuns, em Londres, o fortalecimento da força aérea britânica, em face de uma possível guerra com a Alemanha.
  • 1935 – A Alemanha nazista declara que todos os homens alemães arianos, de 18 a 45 anos, devem ser reservistas do exército.
  • 1942 – Quinhentas pessoas morrem em incêndio num salão de festas em Boston, nos Estados Unidos.
  • 1943 – Ocorre a Conferência de Teerã, entre Churchill, Roosevelt e Stalin, para a futura organização mundial.
  • 1966 – Promulgada uma nova constituição na República Dominicana.
  • 1967 – A ONU rejeita a China como membro da organização.
  • 1971 – Assassinado no Cairo o primeiro-ministro da Jordânia, Wasfi Tell.
  • 1972 – O presidente do Haiti, Jean-Claude Duvalier, decreta várias reformas no país e perdoa presos políticos ao assumir o poder.
  • 1990 – Brasil e Argentina fazem acordo nuclear.
  • 1994 – Os noruegueses rejeitam em plebiscito a entrada de seu país na União Europeia.
  • 1996 – A Justiça condena os policiais que assassinaram oito meninos na Igreja da Candelária, no Rio de Janeiro. A chacina aconteceu em 23 de julho de 1993.
  • 2000 – A Holanda torna-se primeiro país a legalizar a eutanásia.
Pensamento

Durante o vosso casamento finjam que ainda não são casados e tudo irá bem. Que haja sempre algo de não atingido e de inacessível entre os dois.

Carl Almqvist

Vídeo do Dia
Nascimentos
»1118 – Manuel I Comneno, imperador bizantino (m. 1180).
1489 – Margarida Tudor, rainha consorte da Escócia (m. 1541).
1598 – Hans Nansen, político dinamarquês (m. 1667).
1632 – Jean-Baptiste Lully, compositor franco-italiano (m. 1687).
1681 – Jean Cavalier, líder rebelde francês (m. 1740).
1700 – Sofia Madalena de Brandemburgo-Kulmbach (m. 1770).
1757 – William Blake, poeta, pintor e gravador britânico (m. 1827).
1785 – Victor, Duque de Broglie (m. 1870).
1792 – Victor Cousin, filósofo francês (m. 1867).
1793 – Carl Jonas Love Almqvist, poeta, crítico literário e compositor sueco (m. 1866).
1811 – Maximiliano II da Baviera (m. 1864).
1820 – Friedrich Engels, intelectual alemão (m. 1895).
1829 – Anton Rubinstein, pianista, maestro e compositor russo (m. 1894).
1834 – Etienne Laspeyres, professor de economia e estatística francês (m. 1913).
1837 – John Wesley Hyatt, engenheiro norte-americano (m. 1920).
1856 – Belisario Porras Barahona, jornalista e político panamenho (m. 1942).
1857 – Afonso XII de Espanha (m. 1885).
1862 – Maria Antónia de Bragança, duquesa de Parma (m. 1959).
1878
Achille Forti, botânico e mecenas italiano (m. 1937).
Edith Hannam, tenista britânica (m. 1951).
1881
Stefan Zweig, escritor austríaco (m. 1942).
Eduardo Afonso Viana, pintor português (m. 1967)
1887 – Ernst Röhm, oficial alemão (m. 1934).
1894 – Henry Hazlitt, economista norte-americano (m. 1993).
1901
Óscar Diego Gestido, político uruguaio (m. 1967).
Edwina Ashley, nobre britânica (m. 1960).
1903 – James Howard McGrath, político norte-americano (m. 1966).
1904 – Nancy Mitford, escritora britânica (m. 1973).
1905
Albert W. Tucker, matemático canadense (m. 1995).
Josef Smistik, futebolista e treinador de futebol austríaco (m. 1985).
1907 – Charles Alston, pintor e escultor afro-americano (m. 1977).
1908 – Claude Lévi-Strauss, antropólogo belga (m. 2009).
1916
Lilian, Princesa de Réthy (m. 2002).
Ramón José Velásquez, político e jornalista venezuelano (m. 2014).
1920 – Cecilia Colledge, patinadora artística britânica (m. 2008).
1923 – Gloria Grahame, atriz e cantora norte-americana (m. 1981).
1924 – Johanna Döbereiner, engenheira agrônoma teuto-brasileira (m. 2000).
1925 – József Bozsik, futebolista húngaro (m. 1978).
1928 – Bernard Heidsieck, poeta francês (m. 2014).
1929 – Berry Gordy, empresário musical e compositor norte-americano.
1932 – Gato Barbieri, saxofonista e compositor argentino (m. 2016).
1933 – Hope Lange, atriz norte-americana (m. 2003).
1934 – Roy Rea, futebolista britânico (m. 2005).
1935 – Masahito, príncipe japonês.
1938 – Tom Regan, filósofo norte-americano (m. 2017).
1940 – Alberto Gallardo, futebolista e treinador de futebol peruano (m. 2001).
1941
Benito di Paula, pianista, cantor e compositor brasileiro.
Laura Antonelli, atriz italiana (m. 2016).
1942 – Bo Johansson, ex-futebolista e treinador de futebol sueco.
1943
Randy Newman, cantor, compositor e pianista norte-americano.
Massimo Tamburini, engenheiro e projetista italiano de motocicletas (m. 2014).
1948 – Agnieszka Holland, escritora polonesa.
1950
Ed Harris, ator norte-americano.
Russell Alan Hulse, astrônomo e físico norte-americano.
George Yonashiro, ex-futebolista e treinador de futebol nipo-brasileiro.
1952 – Rolf Österreich, ex-patinador e técnico de patinação alemão.
1955
Alessandro Altobelli, ex-futebolista italiano.
Miguel Ángel Portugal, treinador de futebol espanhol.
1959 – Judd Nelson, ator norte-americano.
1960
Víctor Fernández, treinador de futebol espanhol.
John Galliano, designer de moda britânico.
1961 – Alfonso Cuarón, diretor, roteirista e produtor de cinema mexicano.
1962
Jon Stewart, humorista norte-americano.
Marco Ricca, ator brasileiro.
Matt Cameron, baterista norte-americano.
Soraya Ravenle, atriz e cantora brasileira.
Mohamed Al-Jawad, ex-futebolista saudita.
1963 – Armando Iannucci, roteirista e diretor de cinema britânico.
1965 – Arminas Narbekovas, ex-futebolista lituano.
1967
Anna Nicole Smith, atriz e modelo estadunidense (m. 2007).
José Del Solar, ex-futebolista e treinador peruano de futebol.
Sergio Pezzotta, ex-árbitro de futebol argentino.
1968 – Fabian Jeker, ciclista suíço.
1969 – Lexington Steele, ator, diretor e produtor norte-americano.
1970
Jan Michaelsen, ex-futebolista dinamarquês.
Álex López Morón, ex-tenista espanhol.
Édouard Philippe, político francês.
1972
Figueiredo, ex-futebolista angolano.
Hiroshi Nanami, ex-futebolista japonês.
1973
Kinoko Nasu, escritor japonês.
Piá, ex-futebolista brasileiro.
Rob Smedley, engenheiro automobilístico britânico.
André Agra, compositor, arranjador, músico e produtor musical brasileiro.
1974
András Tölcséres, ex-futebolista húngaro.
apl.de.ap, cantor filipino.
1975
Sunny Mabrey, atriz norte-americana.
Takashi Shimoda, ex-futebolista japonês.
1976
Ryan Kwanten, ator australiano.
Mickaël Dogbé, ex-futebolista togolês.
Franco Levine, cantor e compositor brasileiro.
1977
Fabio Grosso, ex-futebolista italiano.
Jean Paulista, futebolista brasileiro.
1978
Jonílson, futebolista brasileiro.
Aimee Garcia, atriz norte-americana.
Darryl Flahavan, futebolista britânico.
Mehdi Nafti, ex-futebolista tunisiano.
1979 – Chamillionaire, rapper norte-americano.
1980 – Stuart Taylor, futebolista britânico.
1981
Pontsho Moloi, futebolista botsuano.
Ludwig Paischer, judoca austríaco.
1982 – Leandro Barbosa, basquetebolista brasileiro.
1983
Flávia Delaroli, nadadora brasileira.
Édouard Roger-Vasselin, tenista francês.
Nelson Haedo Valdez, futebolista paraguaio.
Summer Rae, modelo e wrestler norte-americana.
Maurício Meirelles, ator e comediante brasileiro.
1984
Marc-André Fleury, goleiro de hóquei no gelo canadense.
Marcelo Boeck, futebolista brasileiro.
Chigozie Agbim, futebolista nigeriano.
Mary Elizabeth Winstead, atriz norte-americana.
Trey Songz, cantor norte-americano.
Dušan Perniš, futebolista eslovaco.
1985
Tiago Iorc, cantor e compositor brasileiro.
Álvaro Pereira, futebolista uruguaio.
Brayan Beckeles, futebolista hondurenho.
Landry N’Guémo, futebolista camaronês.
1986
Benjamin Angoua, futebolista marfinense.
Mouhamadou Dabo, futebolista francês.
1987 – Karen Gillan, atriz e modelo britânica.
1988
Sam Hewson, futebolista britânico.
Perlla, cantora brasileira.
Lloyd Palun, futebolista gabonês.
Ritchie De Laet, futebolista belga.
Hiroki Fujiharu, futebolista japonês.
1990
Carla Diaz, atriz brasileira.
Dedryck Boyata, futebolista belga.
Bradley Smith, motociclista britânico.
1992
Adam Hicks, ator norte-americano.
Sigala, DJ, produtor musical e remixador britânico.
1994 – Nao Hibino, tenista japonesa.
1995
Tin Jedvaj, futebolista croata.
Thomas Didillon, futebolista francês.
Falecimentos
»0 741 — Papa Gregório III (n. 690).
1514 — Hartmann Schedel, cartógrafo alemão (n. 1440).
1650 — Miguel de Almeida, 4.º conde de Abrantes (n. 1560).
1694 — Matsuo Bashō, poeta japonês (n. 1644).
1680 — Gian Lorenzo Bernini, artista italiano (n. 1598).
1859 — Washington Irving, escritor norte-americano (n. 1783).
1861 — Manuel Antônio de Almeida, escritor brasileiro (n. 1831).
1921 — `Abdu’l-Bahá, bahá’ís iraniano (n. 1844).
1934 — Coelho Neto, escritor brasileiro (n. 1864).
1944 — Antonio Rocco, pintor ítalo-brasileiro (n. 1880).
1954 — Enrico Fermi, físico italiano (n. 1901).
1965 — José Campos de Figueiredo, escritor português (n. 1899).
1968 — Enid Blyton, escritora britânica (n. 1897).
1975 — Erico Verissimo, escritor brasileiro (n. 1905).
1978 — Peyroteo, futebolista português (n. 1918).
2002 — Mahicon José Librelato da Silva, futebolista brasileiro (n. 1981).
2008 — German Skurygin, atleta russo (n. 1963).
2010 — Leslie Nielsen, ator e comediante canadense (n. 1926).
2014 — Roberto Gómez Bolaños, ator e comediante mexicano (n. 1929).
Liturgia Católica

São Tiago da Marca, dedicou sua vida para a causa do Evangelho

São Tiago da Marca, resolveu entrar para a Família de São Francisco de Assis

O santo de hoje morreu dizendo “Jesus, Maria, bendita Paixão de Jesus”,isto porque sua vida toda foi dedicada para a causa do Evangelho. Tiago da Marca nasceu no ano 1391 numa aldeia da Marca de Ancona, Itália. Recebeu no Batismo o nome de Domingos. Tendo morrido seu pai e sua mãe, ficou aos cuidados de um homem rico que o encaminhou para trabalhos administrativos. Desta forma, São Tiago conheceu a iniquidade do mundo, tomando a decisão de se retirar para um convento.

Quando despertou para a vocação à vida Consagrada, São Tiago pensou em entrar para os Cartuxos, mas ao viajar para Babiena, na Toscana, ficou tão edificado com os diálogos que travou com os franciscanos, que resolveu entrar para a Família de São Francisco de Assis. Recebeu o hábito, tomando o nome de Tiago, no Convento de Nossa Senhora dos Anjos, perto de Assis, onde, pouco tempo depois, fez profissão.

Dormia apenas três horas por noite; e passava o restante da noite na meditação das coisas celestes. Nunca comia carne, jejuava inviolavelmente as sete quaresmas de S. Francisco. Todos os dias se disciplinava com rigor. A única pena que sentia era não poder dedicar-se à pregação, único emprego que desejava na sua Ordem. Para conseguir o que tanto desejava, foi a Nossa Senhora do Loreto, celebrou a Santa Missa e, depois da consagração, a Santíssima Virgem apareceu-lhe a dizer que a sua oração tinha sido ouvida.

Começou a pregar com tanto fervor que nunca subia ao púlpito sem tocar os corações mais endurecidos, fazendo muitas conversões miraculosas. Foi associado a São João Capistrano para pregar a Cruzada contra os turcos que, tendo-se apoderado de Constantinopla, enchiam de terror toda a cristandade. Foi tal o seu zelo por esta ocasião que se lhe pode atribuir em grande parte o sucesso desta gloriosa empreitada.

Como sacerdote dedicou-se nas pregações populares onde, de modo simples, vivo e eficaz, evangelizava e espalhava a Sã Doutrina Católica em diversas regiões da Europa. São Tiago anunciava, mas também denunciava toda opressão social, pois os negociantes e mercadores tiranizavam o povo com empréstimos de juros sem fim, por causa disso o santo fundou os bancos populares que emprestavam com juros mínimos. Por fim, São Tiago se instalou em Nápoles onde teve a revelação que aí terminaria seus dias, como de fato aconteceu a 28 de novembro de 1476, isto depois de ser atingido por uma doença mortal. Foi canonizado em 1726 pelo Papa Bento XIII.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: