O All Star conversa no Relicário abraçado ao Segundo Sol


José Fernando Gomes dos Reis, o Nando Reis, nasceu em São Paulo, capital, em 1961. Seu pai era formado em Engenharia Civil e era sócio de um cunhado em uma empresa de obras. Sua mãe dava aulas de violão . Quarto filho de uma família de cinco, Nando cresceu no bairro do Pacaembu. Estudou no Colégio Equipe, onde conheceu parte dos integrantes da banda que ajudou a fundar: o Titãs. Em 2002 deixou o grupo e foi fazer carreira solo. Nando Reis é músico, produtor musical e compositor, sendo um dos mais profícuos de sua geração.

leia mais em: Nando Reis

Feriados e Eventos

Brasil

  • Dia do Empresário Contábil
  • Aniversário da cidade de Belém do Pará

Fatos históricos

  • 1616 — Fundada a cidade de Belém, no estado do Pará, por Francisco Caldeira Castelo Branco.
  • 1759 — Processo dos Távoras: é proferido o veredicto: os acusados da Casa dos Távoras são considerados culpados.
  • 1861 — Fundação da Caixa Econômica da Corte pelo imperador Pedro II do Brasil.
  • 1945 — Segunda Guerra Mundial: o Exército Vermelho começa a Ofensiva no Vistula–Oder.
  • 1964 — Rebeldes em Zanzibar começam uma revolta conhecida como a Revolução de Zanzibar e proclamam uma república.
  • 1970 — Biafra capitula, terminando a Guerra Civil da Nigéria.
  • 1976 — Conselho de Segurança das Nações Unidas permite que a Organização para a Libertação da Palestina participe de um debate no Conselho de Segurança (sem direito a voto).
  • 1986 — Deputado americano Bill Nelson parte do Centro Espacial John F. Kennedy a bordo do Columbia na missão STS-61-C como especialista de carga.
  • 1998 — Dezenove países europeus concordam em proibir a clonagem humana.
  • 2004 — Viagem inaugural do maior transatlântico do mundo, RMS Queen Mary 2.
  • 2005 — Lançamento da Deep Impact de Cabo Canaveral em um foguete Delta II.
  • 2010 — Ocorre um sismo no Haiti, matando mais de 100 mil pessoas e destruindo grande parte da capital, Porto Príncipe.
  • 2011 — Enchentes e deslizamentos de terra atingem a Região Serrana do Rio de Janeiro, causando o maior desastre climático da história do Brasil, com 916 mortes.
  • 2016 — Dez pessoas morrem e 15 ficam feridas em um atentado perto da Mesquita Azul em Istambul.

Pensamento

As pessoas não serão capazes de olhar para a posteridade, se não tiverem em consideração a experiência dos seus antepassados.

Edmund Burke

Vídeo do Dia

Nascimento

  • 1483 — Henrique III de Nassau-Breda, nobre alemão (m. 1538).
  • 1562 — Carlos Emanuel I, Duque de Saboia (m. 1630).
  • 1576 — Petrus Scriverius, escritor neerlandês (m. 1660).
  • 1579 — Jan Baptista van Helmont, químico e fisiologista belga (m. 1644).
  • 1588 — John Winthrop, governador colonial inglês (m. 1649).
  • 1591 — José de Ribera, pintor espanhol (m. 1652).
  • 1628 — Charles Perrault, escritor francês (m. 1703).
  • 1721 — Fernando de Brunsvique-Volfembutel, marechal de campo prussiano (m. 1792).
  • 1729 — Edmund Burke, filósofo e político britânico (m. 1797).
  • 1746 — Johann Pestalozzi, pedagogo suíço (m. 1827).
  • 1751 — Fernando I das Duas Sicílias (m. 1825).
  • 1792 — Johan August Arfwedson, químico sueco (m. 1841).
  • 1840 — Silvério Gomes Pimenta, escritor e arcebispo brasileiro (m. 1922).
  • 1849 — Jean Béraud, pintor francês (m. 1935).
  • 1857 — Knut Ångström, físico sueco (m. 1910).
  • 1861 — James Mark Baldwin, filósofo e psicólogo norte-americano (m. 1934).
  • 1873
  • Spiridon Louis, atleta grego (m. 1940).
  • Chaby Pinheiro, ator português (m. 1933).
  • 1876 — Jack London, escritor norte-americano (m. 1916).
  • 1878 — Celso Vieira, escritor brasileiro (m. 1954).
  • 1888 — Fritz Kachler, patinador artístico austríaco (m. 1973).
  • 1893
  • Hermann Göring, militar e político alemão (m. 1946).
  • Alfred Rosenberg, político e escritor alemão (m. 1946).
  • 1899 — Paul Hermann Müller, químico suíço (m. 1965).
  • 1903 — Igor Kurchatov, físico russo (m. 1960).
  • 1906 — Emmanuel Levinas, filósofo francês (m. 1995).
  • 1907 — Sergei Korolev, engenheiro ucraino-soviético (m. 1966).
  • 1910 — Luise Rainer, atriz alemã (m. 2014).
  • 1913 — Rubem Braga, jornalista e escritor brasileiro (m. 1990).
  • 1914 — Orlando Villas-Bôas, sertanista e indigenista brasileiro (m. 2002).
  • 1916 — Pieter Willem Botha, político sul-africano (m. 2006).
  • 1918 — Maharishi Mahesh Yogi, religioso indiano (m. 2008).
  • 1924 — Olivier Gendebien, automobilista belga (m. 1998).
  • 1933 — Adésio Alves Machado, escritor espírita brasileiro (m. 2009).
  • 1936 — Émile Lahoud, militar e político libanês.
  • 1941 — Long John Baldry, músico britânico (m. 2005).
  • 1944 — Carlos Villagrán, ator mexicano.
  • 1946 — Sergei Chetverukhin, patinador artístico russo.
  • 1949
  • Ottmar Hitzfeld, treinador alemão de futebol.
  • Haruki Murakami, escritor e tradutor japonês.
  • 1951 — Kirstie Alley, atriz estadunidense.
  • 1956 — Nikolai Noskov, cantor russo.
  • 1957 — António Vitorino, político português.
  • 1959 — Per Gessle, cantor e compositor sueco.
  • 1960 — Oliver Platt, ator canadense.
  • 1961 — Andrea Carnevale, ex-futebolista italiano.
  • 1962 — Emanuele Pirro, automobilista italiano.
  • 1963 — Nando Reis, cantor, baixista e compositor brasileiro.
  • 1966 — Olivier Martinez, ator francês.
  • 1967 — Meho Kodro, ex-futebolista bósnio.
  • 1968 — Carlos Hilsdorf, escritor, consultor e palestrante brasileiro.
  • 1968 — Mauro Silva, ex-futebolista brasileiro.
  • 1969 — Robert Prosinečki, ex-futebolista croata.
  • 1970 — Zack de la Rocha, músico estadunidense.
  • 1971 — Fernando Pavão, ator brasileiro.
  • 1974 — Melanie Chisholm, cantora britânica.
  • 1975 — Kousuke Akiyoshi, motociclista japonês.
  • 1978
  • Jeremy Camp, músico norte-americano.
  • Bonaventure Kalou, ex-futebolista marfinense.
  • Bouchaib El Moubarki, futebolista marroquino.
  • 1979
  • Grzegorz Rasiak, ex-futebolista polonês.
  • Marián Hossa, jogador de hóquei no gelo eslovaco.
  • 1980 — Rainer Torres, futebolista peruano.
  • 1981 — Luis Ernesto Pérez, futebolista mexicano.
  • 1982
  • Paul-Henri Mathieu, tenista francês.
  • Walter Minhoca, futebolista brasileiro.
  • 1983
  • Edmundo Zura, futebolista equatoriano.
  • Lucas Mareque, futebolista argentino.
  • Pedro Luís de Orléans e Bragança, administrador de empresas franco-brasileiro (m. 2009).
  • 1985
  • Artem Milevskyi, futebolista ucraniano.
  • Yohana Cobo, atriz espanhola.
  • 1986 — Pablo Osvaldo, futebolista argentino.
  • 1987
  • Naya Rivera, atriz e cantora estadunidense.
  • Edoardo Mortara, automobilista italiano.
  • Salvatore Sirigu, futebolista italiano.
  • Paulo Victor Mileo Vidotti, futebolista brasileiro.
  • 1988 — Douglas, futebolista brasileiro.
  • 1989
  • Alan Kardec, futebolista brasileiro.
  • Axel Witsel, futebolista belga.
  • 1991 — Pixie Lott, cantora e compositora britânica.
  • 1992 — Lucas Mugni, futebolista brasileiro.
  • 1993
  • Zayn, cantor e compositor britânico.
  • D.O, cantor, compositor e ator sul-coreano.
  • 1998 — Nathan Gamble, ator norte-americano.

Falecimento

  • 1167 — Elredo de Rievaulx, escritor inglês (n. 1110).
  • 1322 — Maria de Brabante, rainha consorte francesa (n. 1254).
  • 1519 — Maximiliano I do Sacro Império Romano-Germânico (n. 1459).
  • 1665 — Pierre de Fermat, jurista e matemático francês (n. 1601).
  • 1700 — Marguerite Bourgeoys, freira e santa francesa (n. 1620).
  • 1755 — Maria Ana de Schwarzenberg, marquesa de Baden-Baden (n. 1706).
  • 1759 — Ana, Princesa Real e Princesa de Orange (n. 1709).
  • 1817 — Juan Andrés, humanista cristão e crítico literário espanhol (n. 1740).
  • 1871 — Henry Alford, teólogo, crítico textual, hinógrafo e escritor britânico (n. 1810).
  • 1881 — George Robert Aberigh-Mackay, escritor anglo-indiano (n. 1848).
  • 1907 — Adolf Bernhard Christoph Hilgenfeld, teólogo alemão (n. 1823).
  • 1947 — Afrânio Peixoto, médico e escritor brasileiro (n. 1876).
  • 1967 — Holland Smith, general norte-americano (n. 1882).
  • 1971 — Arnold Ulitz, escritor alemão (n. 1888).
  • 1974 — João da Baiana, cantor e instrumentista brasileiro (n. 1887).
  • 1976 — Agatha Christie, escritora britânica (n. 1890).
  • 1983 — Nikolai Podgorny, político soviético (n. 1903).
  • 1985 — Vilanova Artigas, arquiteto brasileiro (n. 1915).
  • 1988 — Piero Taruffi, automobilista italiano (n. 1906).
  • 1991 — Vasco Pratolini, escritor italiano (n. 1913).
  • 1997 — Charles Huggins, fisiologista canadense (n. 1901).
  • 2001
  • Adhemar Ferreira da Silva, atleta brasileiro (n. 1927).
  • Gian Luigi Bonelli, autor de banda desenhada italiano (n. 1908).
  • Bill Hewlett, engenheiro estadunidense (n. 1913).
  • Luiz Bonfá, cantor e compositor brasileiro (n. 1922).
  • 2003
  • Leopoldo Galtieri, general e político argentino (n. 1926).
  • Maurice Gibb, cantor, compositor e multi-instrumentista britânico (n. 1949).
  • Dean Amadon, ornitólogo norte-americano (n. 1912).
  • 2007
  • Bento Prado Júnior, filósofo, escritor e poeta brasileiro. (n. 1937).
  • Alice Coltrane, pianista e compositora norte-americana (n. 1937).
  • Jürg Federspiel, escritor, jornalista e crítico suíço (n. 1931).
  • 2009
  • Alejandro Sokol, músico e compositor argentino (n. 1960).
  • Friaça, futebolista brasileiro (n. 1924).
  • Arne Naess, filósofo e ecologista norueguês (n. 1912).
  • 2010
  • Zilda Arns, médica e sanitarista brasileira (n. 1934).
  • Hédi Annabi, diplomata tunisiano (n. 1944).
  • Jimmy O, artista haitiano (n. 1974).
  • Joseph Serge Miot, arcebispo católico haitiano (n. 1946).
  • Luiz Carlos da Costa, diplomata brasileiro (n. 1949).
  • Toninho Negreiro, jornalista brasileiro (n. 1959).
  • 2015 — Elena Obraztsova, cantora lírica russa (n. 1939).
  • 2017 — William Peter Blatty, escritor e cineasta americano (n. 1928).

Liturgia católica

São Bernardo, discerniu um chamado à vida religiosa, tornou-se irmão religioso

O santo de hoje nasceu no ano de 1605 em Corleone, Sicília, na Itália. Como é belo poder perceber o testemunho de hoje! Como a misericórdia de Deus fez maravilhas a partir do arrependimento!

São Bernardo foi crescendo numa vida longe do relacionamento com Deus e com a Igreja. Logo, distante de si e do amor aos irmãos, o orgulho foi tomando conta do seu coração. Então, decidiu entrar para a vida militar; não para servir a sociedade, mas para dominá-la. De fato, ele estava longe de Deus. Resultado: numa das muitas discussões que viraram briga, ele acabou num duelo, ferindo de morte um companheiro seu da vida militar. Foi neste momento trágico de sua história que ele abriu o coração para Deus, pois sua consciência foi pesando. Embora ele tenha fugido e recorrido a um chamado “direito de asilo”, não foi preso, mas estava preso a uma vida de pecado. Quem poderia resgatá-lo? Nosso Senhor Jesus Cristo, o Verbo encarnado que veio nos assumir na nossa fragilidade e nos revelar este amor que redime, que salva e é a nossa esperança.

Assim, arrependeu-se e começou a busca de uma vida em Deus, uma vida de Igreja, sacramental. Discerniu um chamado à vida religiosa, buscou a família franciscana e ali tornou-se irmão religioso, fiel às regras. De fato, se antes expressava arrogância, agora comunicava paz, penitência, luta contra o pecado.

Ele foi se santificando também no serviço ao próximo. “Santidade sem serviço aos outros pode ser apenas um ideal, mas, no concreto, esta luta, este bom combate é para sermos melhores em Deus, melhores uns para os outros”.

Religioso, capuchinho, modelo de vida na pobreza, na castidade e na obediência. Este santo do século XVII nos convida, neste novo milênio, a sermos sinais no poder que a misericórdia divina tem de, com a nossa ajuda e nosso sim, fazer-nos santos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: