Fatos que marcaram o mundo em maio, no dia 18

STF manda investigar Temer; presidente diz que não renuncia

2017 – O ministro Edson Fachin, relator da Lava Jato no STF, autorizou abertura de inquérito para investigar o presidente Michel Temer com base na delação dos sócios da JBS, Joesley e Wesley Batista. Em meio à reação negativa do mercado, ameaças de debandada de ministros e diante de especulações de que deixaria o cargo, Temer veio a público e negou a possibilidade de renúncia. “Não renunciarei. Repito: não renunciarei”, disse. Ele repudiou as acusações de que teria dado aval para a compra do silêncio de Eduardo Cunha. “Não comprei o silêncio de ninguém.” À noite, Fachin liberou a gravação da conversa entre Joesley e Temer, que tem trechos inaudíveis. O empresário conta ao presidente como tentou obstruir investigação da qual é alvo. Principal aliado, o PSDB deu sinais de que deixaria o governo, mas resolveu esperar o avanço das apurações.

Não renunciarei. Repito: não renunciarei” MICHEL TEMER, EM PRONUNCIAMENTO OFICIAL.

Feriados e Eventos

Brasil

  • Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes
  • Aniversário das cidades de Caruaru e Bezerros (Pernambuco) e Coruripe (Alagoas) e Guaíra (São Paulo)
  • Dia Nacional da Luta Antimanicomial

Internacional

  • Dia Internacional dos Museus

Fatos históricos

  • 1012 — Eleição do Papa Bento VIII.
  • 1152 — Casamento de Henrique II de Inglaterra com Leonor, Duquesa da Aquitânia
  • 1565 — Início do Cerco de Malta, tentativa falhada da conquista de Malta pelo Império Otomano, que terminaria em 11 de setembro de 1565.
  • 1680 – Uma compilação das Leis das Índias, com nove livros e mais de 6 mil leis, é publicada.
  • 1804 – O Senado francês proclama Imperador o general Bonaparte, com o nome de Napoleão I.
  • 1848 – A Companhia de Jesus é dissolvida e seus integrantes são expulsos do território argentino.
  • 1868 – Nasce Nicolás Romanov, último czar da Rússia.
  • 1872 – Nasce Bertrand Russell, matemático e filósofo inglês.
  • 1875 – Um terremoto destrói em poucos minutos a cidade colombiana de Cúcuta e causa a morte de duas mil pessoas.
  • 1878 – O governo colombiano concede à companhia francesa de Lesseps os direitos para a construção do Canal de Panamá.
  • 1893 – Nasce Augusto César Sandino, guerrilheiro nicaraguense.
  • 1911 – Morre Gustav Mahler, compositor austríaco.
  • 1913 – O general Mario Menocal e o Dr. Enrique Varona tomam posse, respectivamente, da presidência e vice-presidencia da República de Cuba.
  • 1919 – É proclamada a República do Palatinado, separada do Reich e apoiada pela França.
  • 1930 – O dirigível Zeppelin inicia um voo em que cruzaria duas vezes o Atlântico, percorrendo 27 mil quilômetros.
  • 1950 – A Assembléia Plenária das Nações Unidas decide embargar as mercadorias de grande valor para a China comunista.
  • 1956 – Um juiz argentino decreta a prisão do ex-presidente Juan Domingo Perón, acusando-o de traição.
  • 1973 – Salvador Allende anuncia a expropriação de todas as empresas estrangeiras do Chile.
  • 1980 – Fernando Belaúnde Terry é eleito presidente do Peru.
  • 1982 – Grandes inundações causam a morte de mais de 400 pessoas na província de Cantón (China).
  • 1989 – A OEA pede ao general Noriega que abandone o poder em um prazo de duas semanas para evitar uma escalada de violência no Panamá.
  • 1989 – O Parlamento da Lituânia modifica sua Constituição e proclama a soberania do povo lituano.
  • 1990 – Os ministros das Finanças da República Federal Alemã e da República Democrática Alemã, Theo Waigel e Walter Rombers, firmam em Bonn o tratado de união monetária, econômica e social entre os dois países.
  • 1991 – O rei Hassan II de Marrocos aceita a realização de um plebiscito pela autodeterminação no Saara ocidental.
  • 1994 – O México ingressa na Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Econômico (OCDE).
  • 1994 – O ex-presidente da Venezuela, Carlos Andrés Pérez, é detido por malversação.
  • 2000 – Militares rebeldes seguidores do ex-general Lino César Oviedo protagonizam uma tentativa de golpe de Estado contra o governo do Paraguai, presidido por Luis González Macchi.
  • 2014
    O Governo de Daniel Ortega manda destruir o Farol da Paz, monumento que recordava a guerra civil, em Manágua.
  • 2015
    Obama limita a entrega de material militar à polícia. Presidente dos EUA aplica as recomendações feitas por um comitê depois da polêmica operação policial nos protestos de Ferguson.
  • 2016
    Comércio argentino já vende verdura a prazo e cortes de carne menores. Algumas lojas recorrem à criatividade para não perder clientes. O pão sobe 20%.
  • 2017
    Temer diz que fica e partidos aliados ameaçam debandada após delação da JBS. Há 12 pedidos de impeachment contra o presidente. PTN e PSB desembarcam, mas PSDB, principal aliado, recua. Reformas trabalhista e da Previdência têm tramitação suspensa.
    Mercado dá adeus a reformas no curto prazo e prevê dias difíceis na economia brasileira. Para economista, circuit breaker na bolsa é ajuste natural após de “autoengano” sobre recuperação econômica.

Pensamento

Move-se a mão que escreve, e tendo escrito, segue adiante; Nem toda a tua Piedade ou o teu Saber a atrairão de volta, para que risque sequer metade de uma linha; Nem todas as tuas Lágrimas lavarão uma só de tuas Palavras.

Nessa encruzilhada do desejo e da necessidade, não deixes nada: não voltarás lá nunca mais.

Omar Khayyam

Foto do Dia

Vídeo do Dia

Jack Hody Johnson (Oahu, 18 de maio de 1975) é um cantor, compositor e surfista americano. Cresceu na Baía Norte de Oahu, no Havaí, e atualmente vive em Haleiwa. Antes de lançar o seu primeiro álbum de estúdio, Jack Johnson fazia filmes de surfe. Por ser um surfista e músico, seu estilo é erroneamente classificado como surf music, um subgênero rock surgido nos anos 60.

Nascimento

  • 1048 — Ghiyath Al Din Abul Fateh Omar Ibn Ibrahim Al Khayyam, matemático, poeta e filósofo persa (m. 1131).
  • 1281 — Inês da Áustria, Rainha da Hungria (m. 1364).
  • 1475 — Príncipe Afonso de Portugal (m. 1491).
  • 1616 — Johann Jakob Froberger, compositor alemão (m. 1667).
  • 1710 — Johann II Bernoulli, matemático suíço (m. 1790).
  • 1742 — Félix de Azara, geógrafo e naturalista espanhol (m. 1821).
  • 1797 — Frederico Augusto II da Saxônia (m. 1854).
  • 1808 — Venancio Flores, político uruguaio (m. 1868).
  • 1821 — Isabel Fernanda de Bourbon, condessa Gurowska (m. 1897).
  • 1822 — Mathew Brady, fotógrafo estadunidense (m. 1896).
  • 1830 — Karl Goldmark, compositor húngaro (m. 1915).
  • 1850 — Oliver Heaviside, físico inglês (m. 1925).
  • 1868
  • António da Rocha Peixoto, naturalista, arqueólogo e etnógrafo português (m. 1909).
  • Nicolau II Romanov, último czar (imperador) da Rússia (m. 1918).
  • 1872 — Bertrand Russell, filósofo e matemático britânico (m. 1970).
  • 1876 — Hermann Müller, político alemão (m. 1931).
  • 1883
  • Walter Gropius, arquitecto alemão (m. 1969).
  • Eurico Gaspar Dutra, ex-presidente do Brasil (m. 1974).
  • 1891 — Rudolf Carnap, filósofo alemão (m. 1970).
  • 1895 — Augusto César Sandino, líder revolucionário nicaraguense (m. 1934).
  • 1897 — Frank Capra, cineasta estadunidense (m. 1991).
  • 1901 — Vincent du Vigneaud, químico estadunidense (m. 1978).
  • 1905 — Mário Tavares Chicó, historiador de arte e professor universitário português (m. 1966).
  • 1909 — Htin Aung, escritor birmanês (m. 1978).
  • 1912
  • Perry Como, cantor e ator estadunidense (m. 2001).
  • Walter Sisulu, político sul-africano (m. 2003).
  • 1917 — Bill Everett, cartunista estadunidense (m. 1973).
  • 1918 — Massimo Girotti, ator italiano (m. 2003).
  • 1920 — Papa João Paulo II (m. 2005).
  • 1923 — Hugh Shearer, político jamaicano (m. 2004).
  • 1925 — Justus Dahinden, arquiteto e teórico de arquitetura suíço.
  • 1926 — Julio César Britos, futebolista uruguaio (m. 1998).
  • 1928 — Jo Schlesser, piloto de Fórmula 1 francês (m. 1968).
  • 1930 — Elsimar Coutinho, médico brasileiro.
  • 1931 — Bruce Halford, automobilista inglês (m. 2001).
  • 1933 — Bernadette Chirac, política francesa.
  • 1936 — Moacir Claudino Pinto, ex-futebolista brasileiro.
  • 1937 — Jacques Santer, político luxemburguês.
  • 1941 — Miriam Margolyes, atriz britânica.
  • 1942
  • José Paulo de Andrade, jornalista e radialista brasileiro.
  • Nobby Stiles, ex-futebolista inglês.
  • 1946
  • Mila Moreira, atriz brasileira.
  • Andreas Katsulas, ator estadunidense (m. 2006).
  • 1949
  • Rick Wakeman, músico britânico.
  • Zé Maria, ex-futebolista brasileiro.
  • Georges Leekens, ex-futebolista e treinador de futebol belga.
  • 1950 — Mark Mothersbaugh, músico estadunidense (Devo).
  • 1951 — Angela Voigt, atleta alemã (m. 2013).
  • 1952 — George Strait, cantor estadunidense.
  • 1954
  • Eric Gerets, ex-futebolista e treinador de futebol belga.
  • Stella Freitas, atriz brasileira.
  • Jaques Morelenbaum, músico, produtor musical, arranjador, compositor e maestro brasileiro.
  • 1955 — Chow Yun-Fat, ator de Hong Kong.
  • 1957 — Tertius Zongo, político burquinês.
  • 1959
  • Antônio José da Silva Filho (Biro-Biro), ex-futebolista brasileiro.
  • Celso Borges, poeta, jornalista e letrista brasileiro.
  • 1960
  • Yannick Noah, ex-tenista francês.
  • Dóris Giesse, jornalista e apresentadora brasileira.
  • Luís Henrique, ex-futebolista brasileiro.
  • 1962 — Mike Whitmarsh, jogador de vôlei estadunidense (m. 2009).
  • 1965 — Ingo Schwichtenberg, baterista da banda Helloween (m. 1995).
  • 1966
  • Teresa Villaverde, cineasta portuguesa.
  • Bent Skammelsrud, ex-futebolista norueguês.
  • 1967 — Heinz-Harald Frentzen, ex-automobilista alemão.
  • 1968
  • David Carabott, ex-futebolista maltês.
  • Shelley Lubben, atriz e escritora estadunidense.
  • 1969
  • Antônio Carlos Zago, ex-futebolista e treinador de futebol brasileiro.
  • Helena Noguerra, atriz belga.
  • Nicolas Krassik, violinista franco-brasileiro.
  • 1970
  • Tina Fey, roteirista, comediante e atriz estadunidense.
  • Valeriy Popovich, ex-futebolista russo.
  • 1971
  • Nobuteru Taniguchi, piloto japonês de automobilismo.
  • Brad Friedel, ex-futebolista estadunidense.
  • Adamari López, atriz porto-riquenha.
  • Márcio Costa, futebolista brasileiro.
  • Marcelo Saralegui, ex-futebolista uruguaio.
  • Franklin, ex-jogador brasileiro de futsal.
  • 1972
  • Eduardo Falaschi, músico brasileiro.
  • Orlando Monteiro, ex-futebolista são-tomense.
  • 1973
  • Pegguy Arphexad, ex-futebolista francês.
  • Tohru Ukawa, motociclista japonês.
  • 1974
  • Felipe Folgosi, ator e apresentador brasileiro.
  • Edu Guedes, apresentador de televisão brasileiro.
  • Mark Burton, ex-futebolista neozelandês.
  • 1975
  • Jack Johnson, cantor estadunidense.
  • Hugo Henrique, ex-futebolista brasileiro.
  • Leonel Pilipauskas, futebolista uruguaio.
  • 1977 — Danny Mills, ex-futebolista inglês.
  • 1978
  • Ricardo Carvalho, futebolista português.
  • Hélton, futebolista brasileiro.
  • André Leonel, futebolista brasileiro.
  • Chad Donella, ator canadense.
  • 1979
  • Helder Barbalho, político brasileiro.
  • Gabriel Gonzaga, lutador brasileiro de MMA.
  • Mariusz Lewandowski, futebolista polonês.
  • Geofredo Cheung, futebolista macaense.
  • Milivoje Novakovič, futebolista esloveno.
  • 1980
  • Matt Long, ator estadunidense.
  • Michaël Llodra, tenista francês.
  • Diego López, futebolista uruguaio.
  • 1981
  • Edu Dracena, futebolista brasileiro.
  • Mahamadou Diarra, futebolista malinês.
  • 1982
  • Leandro Donizete, futebolista brasileiro.
  • Katlego Mashego, futebolista sul-africano.
  • 1984
  • Kamil Kopúnek, futebolista eslovaco.
  • Simon Pagenaud, automobilista francês.
  • 1985
  • Henrique Sereno, futebolista português.
  • Thiago Feltri, futebolista brasileiro.
  • 1987 — Luisana Lopilato, atriz, cantora e modelo argentina.
  • 1988
  • Ryan Cooley, ator canadense.
  • Tatsuma Ito, tenista japonês.
  • Taeyang, cantor, modelo e dançarino sul-coreano.
  • 1989
  • Renan dos Santos, futebolista brasileiro.
  • Andrea Mei, futebolista italiano.
  • Alexandru Chipciu, futebolista romeno.
  • Stefan Ilsanker, futebolista austríaco.
  • 1990
  • Federico Laurito, futebolista argentino.
  • Yuya Osako, futebolista japonês.
  • 1992 — Spencer Breslin, ator estadunidense.
  • 1993 — Luciano Neves, futebolista brasileiro.
  • 1994 — Laura Natalia Esquivel, atriz e cantora argentina.
  • 1995
  • Rachel de Queiroz, atriz brasileira.
  • Jules Danilo, motociclista francês.
  • 1997 — Omar Jasika, tenista australiano.
  • 1998 — Polina Edmunds, patinadora artística estadunidense.
  • 1999 — Laura Omloop, cantora belga.
  • 2002 — Alina Zagitova, patinadora artística russa.

Falecimento

  • 0526 — Papa João I (n. 485).
  • 1551 — Domenico di Pace Beccafumi, pintor italiano (n. 1486).
  • 1675 — Jacques Marquette, missionário e explorador francês (n. 1637).
  • 1692 — Elias Ashmole, antiquário inglês (n. 1617).
  • 1733 — Georg Böhm, organista alemão (n. 1761).
  • 1781 — Túpac Amaru II, cacique peruano (n. 1738).
  • 1799 — Pierre de Beaumarchais, autor de teatro francês (n. 1732).
  • 1800 — Alexander Suvorov, general russo (n. 1729).
  • 1849 — Samuel Amsler, gravurista suíço (n. 1791).
  • 1896 — Cristiano Benedito Ottoni, militar, engenheiro e político brasileiro (n. 1811).
  • 1909
  • George Meredith, novelista e poeta britânico (n. 1828).
  • Isaac Albéniz, compositor espanhol (n. 1860).
  • 1911 — Gustav Mahler, compositor austríaco (n. 1860).
  • 1922 — Charles Louis Alphonse Laveran, médico francês (n. 1845).
  • 1941 — Werner Sombart, economista alemão (n. 1863).
  • 1971 — José Augusto Bezerra de Medeiros, político brasileiro (n. 1884)
  • 1975
  • Aníbal Troilo, músico argentino (n. 1914).
  • Kasimir Fajans, químico e físico estadunidense (n. 1887).
  • 1980 — Ian Curtis, músico britânico (n. 1956).
  • 1981 — William Saroyan, escritor estadunidense (n. 1908).
  • 1988 — Daws Butler, dublador estadunidense (n. 1916).
  • 1990 — Jill Ireland, atriz inglesa (n. 1936)
  • 1995
  • Elisha Cook, Jr., ator norte-americano (n. 1903).
  • Elizabeth Montgomery, atriz estadunidense (n. 1933).
  • Alexander Godunov, dançarino e ator russo (n. 1949).
  • 1999
  • Dias Gomes, autor de telenovelas brasileiro (n. 1922).
  • Betty Robinson, atleta estadunidense (n. 1911).
  • 2000 — Domingos Antônio da Guia, futebolista brasileiro (n. 1912).
  • 2002 — Davey Boy Smith, wrestler britânico (n. 1962).
  • 2004 — Elvin Jones, baterista norte-americano (n. 1927).
  • 2007 — Pierre-Gilles de Gennes, físico francês (n. 1932).
  • 2009
  • Dolla, rapper norte-americano (n. 1987).
  • Wayne Allwine, dublador e editor de efeitos sonoros norte-americano (n. 1947).
  • 2010 — Edoardo Sanguineti, poeta italiano (n. 1930).
  • 2013 — Steve Forrest, ator norte-americano (n. 1925).
  • 2017
  • Jacque Fresco, engenheiro social, escritor, professor, futurologista (n. 1916).
  • Chris Cornell, cantor e compositor estadunidense (n. 1964)

Liturgia católica

São João I, viveu uma vida de oração, oferecendo e sempre buscando ser dócil à vontade de Deus. O santo de hoje governou a Igreja por apenas dois anos e meio. Foi eleito Papa em 523.

Nasceu na Toscana, Florência, no século V. De Florência foi para Roma e tornou-se um sacerdote, um presbítero cardeal. Com a morte do Papa, ele foi eleito o sucessor de Pedro.

Marcou a Igreja com muitos trabalhos pastorais, foi o precursor do canto gregoriano e da restauração de muitas igrejas, mas o objetivo dele como Papa, foi de confirmar a fé dos irmãos; sem dúvida nenhuma, era o serviço da salvação das almas.

Papa João I viveu num tempo e contexto político-religioso complexo. Quem reinava na Itália era Teodorico, um cristão ariano, ou seja, não era fiel à doutrina católica, mas se dizia cristão. Por outro lado, existia um conflito entre Teodorico e Justino; e os dois imperadores se chocavam. No meio deste contexto complexo, a vítima foi o Papa João I, que foi forçado por Teodorico a uma missão. Nunca um Papa tinha saído da Itália; ele foi o primeiro.

A missão não agradou, porque Teodorico queria que o Papa fosse o porta-voz de uma mensagem ariana, por interesses econômicos e políticos. Mas o que podemos perceber é que este homem santo, autoridade máxima da Igreja de Cristo, não perdeu sua paz, não perdeu sua obediência a Deus. Tornou-se santo em meio aos conflitos.

Ele viveu uma vida de oração, uma vida penitencial, oferecendo e sempre buscando ser dócil à vontade de Deus. Papa João I, por causa do ódio de Teodorico, foi aprisionado para morrer de fome e de sede. Foi mártir.

Hoje, podemos recordar este Pastor da Igreja como o pastor que, a exemplo de Cristo, deu a vida pelo rebanho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: